12 de dez de 2012

BACHARELATO DE TEOLOGIA

Teologado Santa Mônica
São Paulo-SP


No dia 07 de dezembro deste ano de 2012, nossos queridos irmãos: Frei Rodolfo, Frei Sérgio e Frei Clébson receberam o Bacharelato de Teologia, em cerimônia no Campus Pio XI - UNISAL-SP. Que nossos irmãos sejam verdadeiros educadores da fé e na fé.
Parabéns!  


Vídeo com fotos da formatura

11 de dez de 2012

PROFISSÃO SOLENE DOS FREIS RODOLFO, SÉRGIO E CLÉBSON

Teologado Santa Mônica
São Paulo-SP



No dia 08 de dezembro deste ano de 2012, nossos queridos irmãos: Frei Rodolfo, Frei Sérgio e Frei Clébson se consagraram definitivamente a Deus na Ordem dos Agostinianos Recoletos.
Que o Senhor lhes dê forças para cumprirem aquilo que prometeram.
Felicidades!


 

10 de dez de 2012

IGREJAS OAR DA PROVÍNCIA SANTA RITA DE CÁSSIA

Província Santa Rita de Cássia
Brasil
 
 
O vídeo abaixo nos mostra as Igrejas OAR, onde vivem e trabalham nossos religiosos da província de Santa Rita de Cássia.
 

29 de nov de 2012

RETIRO PARA A PROFISSÃO SOLENE


            Dos dias 22 á 26 os freis Rodolfo, Sérgio e Rodolfo, sob o direção de Frei Mario Aparecido, fizeram seu retiro em preparação aos votos solenes. Realizaram este retiro, na casa de retiro pertencente ás Monjas Camaldulenses de Mogi das Cruzes. Foi um período de reflexão, meditação da Palavra de Deus e busca de ouvir a voz de Deus que nos chama a uma vida mais radical na vivencia dos conselhos evangélicos além de serem momentos de profunda convivência fraterna.
Brevemente apresento os temas que foram abordados neste retiro, a saber: Primeiramente foi refletido acerca da história pessoal de amor de cada um com Deus, refletindo acerca da presença amorosa de Deus em nossas vidas, e quanto isto torna-se significativo em nossas vidas e marca profundamente nossa experiência de fé cristã. Segundo tema abordado foi acerca da história vocacional, buscando refletir acerca das raízes de nossa vocação.
Nos temas seguinte buscamos refletir acerca da vida consagrada, da sua relevância como “próprio da vida da Igreja”, no seguimento de Cristo e na busca de ser sinal escatológico á humanidade, sinal da presença e da ação do Reino na história. Neste mesmo contexto refletimos acerca dos votos de pobreza, castidade e obediência, em suas particularidades e especificidades. Observamos acerca dos votos como eles são sinais escatológicos para o mundo atual, sinais positivos de entrega a Deus e para os homens na construção do Reino de Deus.
Também refletimos acerca do que é especifico ao nosso carisma religioso agostiniano recoleto.

Fr. Sérgio Sambl OAR

A Vida Religiosa Agostiniana Recoleta.



No artigo anterior refletimos acerca dos diferentes tipos de vida religiosa existentes e que estas são chamadas a ser sinal escatológico do reino de Deus, independente das diferentes formas de vida religiosa existentes, são chamadas a serem sinal do Reino em meio aos homens. Entre as diversas ordens surgidas ao longo do tempo da Igreja, gostaria de destacar Entre as diversas famílias religiosas a Ordem dos Agostinianos Recoletos, esta ordem surgida em Castela, Espanha, no século XVI, alguns religiosos agostinianos da impulsionados por um especial carisma coletivo, desejariam viver, com fervor renovado e com novas normas a vida consagrada segundo a regra e a espiritualidade de Santo Agostinho. Não gostaria aqui de me estender refletindo acerca da história da Ordem, uma vez que já podemos encontrar muitas informações seja no site da província ou no site oficial da Ordem, mas sim apontar alguns traços especiais característicos do carisma agostiniano recoleto.
Primeiramente, assim como escrito ao principio de nossa regra: “Antes de tudo caríssimos irmãos, amemos a Deus; depois, também ao próximo, porque estes são os principais mandamentos que nós recebemos”. 


Gostaria de sublinhar este primeiro ponto de nossa regra, pois em síntese resume aspectos importantes de nosso carisma. Vejamos a seguir:
Vida contemplativa: “Ante de tudo amar a Deus.” Este fator comum á toda vida Cristã, não apenas á vida religiosa, mas a todos os batizados, deve na vida do agostinianos recoletos ter uma proeminência. E o meio para alcança-lo é a vida contemplativa, a oração, conforme também nos recordam nossas constituições: “O agostiniano recoleto sente que sua vida está orientada para Deus como fim último e único. O conhecimento e o amor de Deus, sem outra recompensa que o próprio amor, constituem o exercício do amor castus da contemplação, que é o principal cuidado” #(Constituições n. 9). Nesta busca desta conversação com Deus o religioso Agostiniano recoleto deve buscar uma vida de interioridade, intimidade com a palavra de Deus, silencio e oração, para crescer na comunhão com Deus, e em seguida buscar irradiar na vida comunitária e apostolica os frutos desta vida com Deus.

           Portanto o segundo passo a ser seguido é a partir da vida contemplativa buscar irradiar na vida comunitária o amor nascido da contemplação de Deus.
A vida comunitária e a comunhão de bens eram dois aspectos sumamente importantes e fortemente unidos para Santo Agostinho. “ A perfeita comunidade Agostiniana (...) é uma comunidade de amor, nascida e sustentada na graça de Deus e consagrada a seus serviço, uma comunidade de vida simples e sóbria, em que tudo se possui em comum, talentos, afetos dos coração e bens materiais (...), uma comunidade que vive o dialogo fraterno, que embora careça de uma missão concreta e determinada, deve estar sempre atenta a voz do Senhor e as necessidades da Igreja”

       E por fim, a dimensão apostólica do carisma agostiniano: assim como nos recorda nossas constituições, o amor contemplativo, além de unir as almas e corações na vida em comunidade, é difusivo e apostólico por si mesmo. O Santo de Hipona, embora buscasse inicialmente a vida monástica, de oração e estudo, viu-se levado á atender as necessidades do povo de Deus no apostolado. Desta mesma forma, os agostinianos devem ter em conta esta disponibilidade para escutar a voz do senhor e atender as necessidades da Igreja, aonde ela se apresentar. Conforme nos recorda Francisco Moriones: “refletindo o pensamento de santo Agostinho, as Constituições afirmam que o amor contemplativo é difusivo e apostólico (n. 23). Assim o entendeu a recoleção desde os seus primeiros anos, empreendendo o apostolado das missões (...), e diversificando gradualmente as tarefas pastorais, e dando especial ênfase ao apostolado educacional na segunda metade do século XX.” 
           Mais do que um ter um trabalho e missão específicos, o religioso agostiniano recoleto é chamado a SER. SER contemplativo, comunitário e apostolo através da vivencia da caridade que brota da conversação com Deus e se difunde na comunidade religiosa e eclesial.

Fr. Sérgio Sambl

A VIDA CONSAGRADA NA IGREJA


Gostaria de iniciar esta reflexão acerca da importância da vida religiosa a partir deste excerto do Documento de Aparecida, pela importância desta conferencia para a nossa realidade Latino-Americana. O que, ao principio nos aporta este documento, em sua frase inicial é que a Vida consagrada é dom do Pai, pro meio do Espírito á Igreja.
“A vida consagrada é um dom do Pai, por meio do Espírito, à sua Igreja, e constitui elemento decisivo para sua missão.(...) Em comunhão com os Pastores, os consagrados e consagradas são chamados a fazer de seus lugares de presença, de sua vida fraterna em comunhão e de suas obras, lugares de anúncio explícito do Evangelho, principalmente aos mais pobres, como tem sido em nosso continente desde o início da evangelização. Desse modo, segundo seus carismas fundacionais, colaboram com a gestação de uma nova geração de Cristãos discípulos e missionários e de uma sociedade onde se respeite a justiça e a dignidade da pessoa humana.”
Nos principais documentos emanados pela Igreja acerca da Vida Religiosa, nós podemos encontrar que estes nos apresentam que a vida religiosa esta colocada no coração da vida da Igreja.  



Conforme nos recorda a instituição sobre a vida religiosa do Concilio Vaticano II desde o começo da Igreja houve homens e mulheres que pela prática dos conselhos evangélicos propuseram a seguir a Cristo com mais liberdade, deste aqueles que viveram uma vida solitária (eremitas) ou famílias religiosas das mais diversas; ordens monásticas, mendicantes, missionárias, etc. Todas esta variedade de ordens e congregações servem tanto para que a Igreja esteja preparada ao exercício de toda boa obra mas também esteja ordenada com vários dons, manifestando a multiforme sabedoria de Deus.# Entre os diversos estilos de vida consagrada poderemos citar, conforme o documento Perfectae Caritatis:
Institutos de vida contemplativa: institutos que se dedicam exclusivamente à  contemplação, a oração contínua e alegre penitência, estes oferecem “a Deus um exímio sacrifício de louvor, enriquecem com abundantes frutos de santidade o Povo de Deus, movem com o seu exemplo e dilatam-no mercê da sua misteriosa fecundidade apostólica.”
Institutos de vida apostólica: nestes institutos “própria natureza da vida religiosa a atividade apostólica e de beneficência, como o exercício do santo ministério e as obras de caridade próprias, que a Igreja lhes confiou e que eles devem exercer em seu nome.”# Ordens monásticas: O principal dever dos monges é servir dum modo ao mesmo tempo humilde e nobre, a divina majestade dentro das paredes do seu mosteiro, quer se entreguem totalmente ao culto divino na vida contemplativa, quer tenham assumido legitimamente algumas obras de apostolado ou caridade cristã.
Vida religiosa laical: a vida de irmãos e irmãs leigos, consagrados também pelos votos religiosos.  E os Institutos Seculares, que embora não sejam Institutos religiosos, implicam uma verdadeira e completa profissão dos conselhos evangélicos no mundo.

Na tradição eclesial, estas variadas formas de vida consagrada, possuem em comum a busca de uma vivencia mais radical da consagração batismal, aonde por meio dos conselhos evangélicos, estes se dediquem mais intensamente a Deus como único necessário, escutando sua palavra e dedicando-se ao seu anuncio. Por isto, conforme nos recorda o concilio que “saibam conciliar a contemplação, pela qual aderem a Deus pela mente e pelo coração, com o amor apostólico; é este amor que os leva a esforçar-se por se associarem à obra da Redenção e por dilatar o Seu reino.”#
Após termos visto que há esta riqueza de institutos, ordens e congregações, percebemos que todas são chamadas a viver em radicalidade os conselhos evangélicos e o seguimento de Cristo, em posterior postagem, refletiremos um pouco mais acerca do carisma e da missão da Ordem dos Agostinianos Recoletos na Igreja.

Fr. Sérgio Sambl

27 de nov de 2012

VIII Encontro Nacional das FRASARs

Sítio Santo Agostinho
Rio de Janeiro - RJ



Entre os dias 15 a 17 de novembro, aconteceu o VIII Encontro Nacional das FRASARs do Brasil. O tema foi "Revitalizar para Evangelizar".

"A nova Evangelização não é uma questão meramente de passagem na doutrina, mas sim de um encontro pessoal e profundo com o Salvador". (J. Paulo II)


Apenas uma breve resenha do encontro das Fraternidades do Rio de Janeiro. O encontro foi realizado num clima muito fraterno com momentos intensos de oração, de aprofundamento em temas de relevante atualidade como a Nova Evangelização e a Revitalização, e de partilha de experiências.

O encontro foi avaliado muito positivamente pelos participantes e quero deixar com vocês algumas decisões que foram tomadas pelos participantes, para que tenhamos conhecimento das mesmas.



MOMENTO DA AVALIAÇAO
Qual seria a primeira decisão a ser tomada por nós como Fraternidade?



  1. Buscar a unidade, tornar efetivo o Conselho Nacional das Fraternidades
  2. Promover atividades e encontros entre as Fraternidades mais próximas (criar unidade entre as fraternidades geograficamente mais próximas)
  3. Não sabemos o que as outras Fraternidades estão fazendo: necessidade de criar um local virtual para partilhar nossas atividades e nossa caminhada. Falha de comunicação entre as Fraternidades.
  4. Propaganda vocacional da Fraternidade (estamos ficando velhos), revitalização de nossas Fraternidades



DECISOES TOMADAS



  1. Criarmos os Conselhos das Fraternidades: Conselhos regionais (encarregados de promover atividades em conjunto das Fraternidades mais próximas); Conselho Nacional (articular em nível nacional as Fraternidades)
  2. Aproveitar o site da Fraternidade da paróquia de Leblon (Rio de Janeiro): http://www.psmleblon.com/fraternidade-agostiniana para começar a se comunicar e posteriormente ver a possibilidade de transformá-lo no site oficial de todas as Fraternidades
  3. Promover as Fraternidades como uma vocação leiga marcada pela espiritualidade agostiniano recoleta; de fato a espiritualidade agostiniana pode ser vivida como vocação pelos nossos leigos. Aqui entraria também o trabalho dos nossos animadores e promotores vocacionais (divulgar, elaborar material...)
  4. Próximo encontro Nacional das Fraternidades em Belém do Pará, novembro de 2014.




26 de nov de 2012

SANTAS MISSÕES POPULARES AGOSTINIANA RECOLETA EM CASTELO

Paróquia Nossa Senhora da Penha
Castelo-ES




Do dia 12 ao dia 24 de novembro de 2012, o missionário Orly e o Frei Ricardo fizeram as "Santas Missões Populares" segundo a espiritualidade Agostiniana Recoleta na comunidade da Criméia, município de Castelo-ES.
O vídeo abaixo mostra alguns dos maravilhosos momentos desta missão:
 

 
Video das Missões na comunidade da Criméia em Castelo-ES.

13 de nov de 2012

SANTAS MISSÕES POPULARES EM CASTELO-ES

Paróquia Nossa Senhora da Penha
Castelo-ES



Do dia 03 ao 11 de novembro de 2012, Frei Ricardo, Frei Mário e o Missionário Orly fizeram as "Santas Missões" na comunidade Santo Ezequiel Moreno, localizada em Santa Izabel, Castelo-ES.



Video das Missões na Comunidade de Santa Izabel em Castelo-ES
 

11 de nov de 2012

INFORMATIVO N. SRA. DE LOURDES

Paróquia N. Sra. de Lourdes

Já está disponível em nossa paróquia ou em nossa home page, a última edição do Informativo paroquial "A VOZ DE LOURDES". Completamos 2 anos de existência e parabenizamos a todos os que nos ajudaram na elaboração de nosso informativo e aqueles que ainda fazem parte desta Equipe. 



Não fique por fora, conheça nossa última edição e veja mais:

a) Uma material especial dedicada sobre o "Ano da Fé", escrita pelo Frei Laércio;
b) Fotos dos acontecimentos na Paróquia;
c) Programação para as Festas de Nossa Senhora de Lourdes 2013;
d) Mensagem sobre a Bíblia, escrita pela Marly;
e) Convite da Profissão Religiosa de votos solenes dos religiosos e Ordenação Diaconal;
f) Jogos para a criançada;
g) Mensagem natalina;

Leia o Jornal na íntegra: www.pnslourdes.com.br

Nesta edição de novembro/dezembro - Já aproveitamos para desejar a todos os integrantes da PASCOM, colaboradores, patrocinadores e paroquianos:

UM FELIZ E SANTO NATAL!!!!

Frei Rodolfo, oar

7 de nov de 2012


Paróquia N. Sra. de Lourdes
São Paulo - SP

Com alegria convidamos a todos vocês nossos parentes, amigos e paroquianos para prestigiarem as nossas festividades. Neste dia a Ordem dos Agostinianos Recoletos, em nome da Província de Santa Rita de Cássia estará em festa juntamente com cada um de nós que celebramos a Profissão Solene e a Ordenação Diaconal do Frei Gustavo.

Contamos com sua presença e suas orações!!!


ATENÇÃO!!!! Novo horário da Ordenação diaconal do Frei Gustavo


Em caso de maiores informações ou estadia, entre em contato com Frei Rodolfo

11-9 6319-8068 - Oi

7 DE NOVEMBRO: BEM-AVENTURADO GRAÇA DE KÓTOR, RELIGIOSO AGOSTINIANO

Província Santa Rita de Cássia
Brasil



7 DE NOVEMBRO
 

BEM-AVENTURADO GRAÇA DE KÓTOR,
 
RELIGIOSO



 


Graça (Mula, próximo a Kótor, ou latinamente Cátaro, no território da atual república de Montenegro (Carna Gora), ex-Iugoslávia, 27 de novembro de 1438 – Veneza, 8 de novembro de 1508) trabalhou como marinheiro até os trinta anos de idade. Depois de ter ouvido, em Veneza, a pregação do célebre agostiniano Simão de Camerino, decidiu ingressar na Ordem como irmão não-clérigo e passou o restante de seus anos em Veneza, distinguindo-se por uma profunda humildade, amor ao trabalho, espírito de penitência e ardente devoção à Eucaristia. Seus restos foram trasladados a sua aldeia natal. O Papa Leão XIII confirmou-lhe o culto em 1889.
 
BEM-AVENTURADO GRAÇA DE KÓTOR, ROGAI POR
 NÓS!

6 de nov de 2012

FALECIMENTO DO SENHOR ARLINDO BRUNORO, PAI DO FREI SILVESTRE.

Paróquia Nossa Senhora da Penha
Castelo-ES



 
Frei Silvestre, oar 


Nossos sinceros sentimentos ao nosso irmão Frei Silvestre Brunoro, oar, pelo falecimento ontem, dia 05/11 de seu pai, o senhor Arlindo Brunoro. Hoje, dia 06/11 foi celebrada a missa de corpo presente, presidida por Frei Silvestre e concelebrada por vários frades agostinianos recoletos.
 
"Que toda família Brunoro receba o consolo que vêm do alto, do Coração de Deus". 

2 de nov de 2012

APRESENTAÇÃO DA ORQUESTRA FILARMÔNICA DO ESPÍRITO SANTO NA IGREJA MATRIZ DE CASTELO

Paróquia Nossa Senhora da Penha
Castelo-ES


Igreja Matriz Nossa Senhora da Penha em Castelo-ES
 

 Abrindo as comemorações do Cinquentenário da Festa de Corpus Christi de Castelo, que será comemorado no ano de 2013, ontem, dia 1º de novembro, aconteceu na Igreja Matriz Nossa Senhora da Penha, às 19 horas, uma belíssima apresentação da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo (OFES). 
Segue fotos da apresentação:
 
 








 
 

31 de out de 2012

TARDE TE AMEI - SANTO AGOSTINHO

Província Santa Rita de Cássia
Brasil



É quase impossível encontrar uma pessoa que, pelo menos alguma vez em sua vida não tenha lido ou escutado algum trecho dessa bela oração de Santo Agostinho "TARDE TE AMEI". Encontramos o texto na sua mais famosa obra: Confissões 10,38.
Vale a pena ver o video e meditar-lo.
 

ENCONTRO DA FABRA


Paróquia Nossa Senhora de Lourdes
São Paulo-SP

Aconteceu no último sábado, dia 27 de outubro na cidade de São Paulo, o Encontro da FABRA (Ferderação Agostiniana Brasileira). Estiveram presentes vários membros da família agostiniana, entre estes, o frades agostinianos recoletos da comunidade Teologado Santa Mônica.


30 de out de 2012

BLOG DO FREI EVANDRO OAR

Paróquia São Januário e Santo Agostinho
Rio de Janeiro-RJ






Frei Evandro é religioso de nossa Província de Santa Rita de Cássia, atualmente é membro da comunidade religiosa na cidade do Rio de Janeiro e mantém um blog; "BLOG DO FREI EVANDRO" onde publica belíssimas orações redigidas por ele próprio. Faça uma visitinha, vale a pena.
 
O endereço eletrônico do blog é: http://freievandro.blogspot.com.br/

FACULDADE DE TEOLOGIA ONDE ESTUDAM FRADES AGOSTINIANOS RECOLETOS RECEBEU NOTA MÁXIMA NA AVALIAÇÃO DO MEC.

Teologado Santa Mônica
São Paulo-SP


O Instituto Teológico PIO XI, Campus da UNISAL em São Paulo, capital, onde atualmente cursam Teologia os freis: Rodolfo, Sérgio, Clébson, Laércio e Magno; recebeu a nota máxima na avaliação institucional do MEC (Ministério de Educação e Cultura).
 
Parabéns a todos os alunos e professores.



29 de out de 2012

DECÁLAGO DA ORAÇÃO EM SANTO AGOSTINHO

Cúria Geral dos Agostinianos Recoletos

Roma-Itália
 
 

 

Decálogo da Oração em Santo Agostinho

 

1. A oração é um dom de Deus, pelo qual o homem deve pedi-la como um mendigo. Seja rico, seja pobre, o homem diante de Deus sempre será um mendigo. A oração, para Santo Agostinho, parte deste preâmbulo (Homo mendicus dei: En in Ps. 29, 2, 1; Sermo 56, 9; Sermo 61,4).2. A oração é exercício de humildade, partindo do auto-conhecimento diante de Deus:

. "Ó Deus, que és sempre o mesmo, faze que me conheça e que te conheça" (Sol 2,1).. Pois: "Deus resiste aos soberbos, mas dá sua graça aos humildes" (1Pd 5,5).
3. A oração é obra do Espírito Santo, que clama em nosso interior (Rm 8,26) para que nos dê as palavras e a voz para orar diante de Deus.

. "A caridade, ela mesma geme, a caridade mesma reza. E aquele que a deu a nós, não saberia fechar os ouvidos a ela. Fica tranqüilo, que a caridade suplique! Aí estão os ouvidos de Deus" (Ep. Io. tr. 6.8).
. "Deus encheu seus servos com seu Espírito para que louvassem" (En. in Ps. 144,1).4. A oração é um exercício de reconciliação, recolhimento interior. Há que entrar no próprio coração evitando a dispersão, para encontrar-nos com Cristo, Mestre interior.

. "Não saias de ti, mas volta para dentro de ti mesmo, a Verdade habita no coração do homem" (De Vera religione 39, 72).. "Vós, porém, éreis mais íntimo que o meu próprio íntimo e mais sublime que o ápice do meu ser" (Conf. 3, 6, 11).
5. A oração é um exercício de amor.
a) Orar é amar e deixar-se amar por Deus.
. Orar é: "Ao abraçar a Deus que é amor, abraças a Deus por amor" (De Trin 8, 8, 12).b) Orar é amar, e deixar-se transformar pelo próprio Deus na oração pelo fogo de seu amor, deixando as coisas da terra e enchendo-se de Deus:
. "Amas a terra? Terra serás. Amas a Deus? Que direi? Serás deus. Não ouso afirmá-lo por minha conta. Escutemos as Escrituras: Eu disse sois deuses e todos sois filos do Deus Altíssimo" (Ep. Io. tr. 2, 14).

c) Orar é amar, para esvaziar-se do amor do mundo e encher-se de Deus:
. "Não ames o mundo! Afasta de teu coração a má dileção do mundo, para deixá-lo encher-se do amor de Deus. Tu és um vaso, mas ainda estás cheio. Derrama o que está em ti, para receberes o que não está" (Io. ep. tr. 2,9).
d) Orar é amar, para apegar-se a Cristo esquecendo-se de tudo o mais. Todas as coisas se tornam relativas, quando a partir da oração, se ama profundamente a Cristo:
. "Quando estiver unido a Vós com todo o meu ser, em parte nenhuma sentirei dor e trabalho. A minha vida será então verdadeiramente viva, porque estará toda cheia de Vós" (Conf. X, 28, 39).
. "O próprio amor é a voz que louva a Deus" (En in Ps. 117,23).
6. A oração é diálogo amoroso com Deus.a) Dialoga-se escutando e respondendo à Palavra de Deus:
  "Tua oração é um diálogo com Deus; quando lês as Escrituras Deus te fala; quando oras, tu falas a Deus" (En in Ps. 85,7). b) Dialoga-se para encontrar a Deus e se lhe encontra para segui-lo buscando com maior amor.
. "É, pois, procurando para que sua descoberta seja mais gratificante, e é encontrado para que sua procura seja feita com mais avidez" (De Trin. 15,2).

7. A oração é o encontro com a vontade de Deus.
a) Orar para não resistir à vontade de Deus:
. "O que quer dizer 'faça-se a tua vontade? Faça-se em mim de modo que não resista a tua vontade" (Sermo 56,7). . "O vosso servo mais fiel é aquele que não espera nem prefere ouvir aquilo que quer, mas se propõe aceitar, antes de tudo, a resposta que de Vós ouviu" (Conf. X, 26, 37).
b) Orar para deixar minha vida nas mãos de Deus, sabendo que é ele quem me capacita para cumprir sua vontade.
. "Dai-me o que ordenais e ordenai-me o que quiserdes" (Conf. X, 29, 40). . "Não rezais se não disseres esta oração (o Pai Nosso); se utilizas outra, Deus não te ouvirá, pois não é dita pelo Legislador que enviou. Portanto, é mister que, quando rezarmos, rezemos conforme essa oração; e quando a pronunciarmos, entendamos bem o que dizemos" (En in Ps. 103, s I, 19).
8. A oração é o desejo enamorado de Deus.
a) É parte da oração contínua. Nunca se deixa de orar se nunca se deixa de desejar a Deus.
. "Existe outra oração interior sem interrupção, que é o desejo. Seja o que for que faças, se desejas aquele repouso (da vida eterna), não interrompes a oração. Se não queres interromper a oração, não cesse de desejar" (En in Ps. 37,14). . "Oramos incessantemente por meio da fé, da esperança e da caridade. Porém, em certos intervalos de horas e tempos, oramos também vocalmente ao Senhor, para nos admoestarmos com os símbolos daquelas realidades" (Epistula 130, 9, 18). b) A oração é o "grito do coração":
. "Quem tem dúvidas de não ser em vão um clamor dirigido ao Senhor pelos que oram, se produzido pela voz do corpo, sem que o coração esteja orientado para deus? Se, porém, se dá no coração, mesmo silenciando a voz corporal, quando necessário seja em silencio diante de Deus, ao orarmos, temos de clamar com o coração. O grito do coração é um pensamento veemente que quando se dá na oração, expressa o grande afeto do que ora e pede, de sorte que não desconfia de conseguir o que se pede" (En in Ps. 118, s.29, 1).

9. Orar é sentir-se Igreja e comunidade.O cristão nunca está sozinho porque faz parte do mistério da Igreja, do Corpo de Cristo.

. "Nosso Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, que suplique por nós, ore em nós, e a quem enderecemos nossas preces. Ora por nós como nosso sacerdote; ora em nós como nossa cabeça e a Ele oramos como Deus. Reconheçamos, portanto, na sua as nossas vozes, e sua voz em nós" (En in Ps. 85,1).
. "Nós rezamos pelo gênero humano, pedimos pelo mundo inteiro, por todos os povos para que se corrijam o quanto antes e tendo já reto o coração, se encaminhem à retidão de Deus" (En in Ps. 103,13).10. Orar é elevar o coração a Deus.Santo Agostinho comenta continuamente as palavras da celebração da Eucaristia "corações ao alto". Por isso, orar é deixar que o coração ascenda a Deus, buscando as coisas do mundo inteiro, não as da terra, com um desejo enamorado de Deus:
  (a oração) "É a ascensão das coisas terrestres às celestes; a busca das coisas mais elevadas, o desejo das coisas invisíveis" (Sermo 73, 2).




Fonte:http://www.agustinosrecoletos.com/especiales/oraciones/index_pt.html. Acessado em 29-10-2012.


PENSAMENTO DIÁRIO AGOSTINIANO

Província Santa Rita de Cássia
Brasil





"Errar é debilidade, mentir é maldade".
 
(Santo Agostinho, Sermão 133,3)
 



 

CLAUSURA DO SÍNODO DOS BISPOS EM ROMA

Cidade do Vaticano
Roma-Itália


Ontem, 28 de outubro de 2012, o Papa Bento XVI presidiu a missa de clausura (encerramento) do Sínodo dos Bispos na Basílica de São Pedro. 
 
 
Basílica de São Pedro vista do alto. Photo by © Franco Origlia/Vatican Pool
 

7º ANIVERSÁRIO DE ORDENAÇÃO PRESBITERAL

Província Santa Rita de Cássia
Brasil

 
 
 
Parabéns aos freis: José Carlos, Marcus Vinícius e Ademildo Gomes pelo sétimo ano (hoje) de vida sacerdotal, servindo a Deus e aos irmaõs na Ordem dos Agostinianos Recoletos.
 
 
 
Frei Ademildo OAR



 
Frei José Carlos OAR



 
Frei Marcus Vinícius OAR



"O Apóstolo nos adverte que ninguém deve ser tão audacioso que se eleve ao sacerdócio, sem a vocação divina de Aarão, pois que nem Jesus Cristo se quis arrogar a honra do sacerdócio, mas esperou que seu Pai o chamasse a essa dignidade".
( Santo Afonso Maria de Ligório. A Dignidade do Padre, nº VI)
 

27 de out de 2012

VISITE O SITE OFICIAL DA PROVÍNCIA SANTA RITA DE CÁSSIA OAR

Província Santa Rita de Cássia
Brasil



Visite-nos:

PENSAMENTO DIÁRIO AGOSTINIANO

Província Santa Rita de Cássia
Brasil





"O homem, ainda que seja grande a dignidade de sua natureza; contudo pode-se ele viciar, porque não é a suprema natureza".(De Trinitate XIV, 4,6)




 

26 de out de 2012

VIDEO INFORMAL: FRADES DA PROVÍNCIA SANTA RITA DE CÁSSIA

Província Santa Rita de Cássia
Brasil


"Vede como é bom, como é suave, os irmãos, viverem juntos, bem unidos, é como o óleo que vai descendo, vai descendo da barba de Aarão e chega até à orla de seu manto"......


Video informal com alguns dos bons momentos vividos pelos frades da Província de Santa Rita de Cássia - OAR

DEFESA DE SÍNTESE TEOLÓGICA

Teologado Santa Mônica
São Paulo



Hoje dia 26-10-2012, três frades de nossa província defenderão suas teses teológicas na UNISAL (Campus Pio XI, São Paulo-SP). Em busca do bacharelado em Teologia. São eles:




Frei Rodolfo Werneck OAR
 


 Frei Sérgio Sambl OAR



Frei Clébson Rodrigues OAR


Oremos por nossos irmãos para que eles sejam sempre anunciadores da Verdade, ou seja, do próprio Deus.

"Aquele, porém, que vai pelo caminho contrário ao que verdadeiramente é, caminha para o não-ser".
(Enarrationes in psalmos 38,22)

PENSAMENTO DIÁRIO AGOSTINIANO

Província Santa Rita de Cássia
Brasil



"Fora de nosso Deus, nada é suave; recusamos tudo o que deu, se ele mesmo, doador de tudo, não se der a nós".
 
 (Enarrationes in psamos 85,11)

CORPOS INCORRUPTOS: SANTA RITA DE CÁSSIA

Santuário de Santa Rita de Cássia
Cássia-Itália


O video abaixo nos passa uma bela mesagem: Rita, exemplo de vida cristã em todos os estados de vida".
Nossa querida Santa Rita de Cássia, que seguiu os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo no estilo de Agostinho de Hipona possa interceder por todos nós.....
 
 


"A vida de Santa Rita é um exemplo para todos os homens e mulheres de nosso tempo, pois nos mostra que não devemos desanimar nunca, mesmo em situações que parecem não ter solução".

PROJETO VIVER EM ADORAÇÃO, UM ESTILO DE VIDA

Paróquia São João Batista
Muqui-ES

 
 
VENHA PARTICIPAR CONOSCO!!!

25 de out de 2012

II INCENDEIA MINHA ALMA

Paróquia N. Sra. Aparecida
Capelinha - Franca - SP


BEATA VITA: FREI JOSÉ LUIZ IGEA OAR

Agostinianos Recoletos
Fortaleza-CE

Já quase se completa 4 meses da partida de nosso querido Frei José Luiz Igea para a "Vida Feliz" como nos recorda o Nosso Pai Santo Agostinho:

"Somente lá está a plena e verdadeira segurança, a vida junto a Deus , a vida de Deus, o próprio Deus." (Litugia das Horas Agostiniana, Solenidade de Nosso Pai Santo Agostinho) 


 
 
"É antes da morte que podemos fazer o que seja útil para depois dela e, não depois que ela ocorre, quando recolhemos os frutos que praticamos durante a vida." (SANTO AGOSTINHO, De Cura pro Mortuis Gerenda, cap. 1)
 

II JORNADA DE ESPIRITUALIDADE

FABRA
Federação Agostiniana Brasileira

Neste próximo sábado, dia 27 de outubro - toda os religiosos da família Agostiniana Recoleta estão convidados para este grande Encontro de Espiritualidade.


                                                                              Contamos com sua presença!