23 de jul de 2012

Apostolado e ministérios ganharam destaque na terceira semana de formação em preparação para a Solene


San Millán de la Cogolla
La Rioja - Espanha






Crônicas da Terceira semana
 (16-22/07/2012)

Formação


De acordo com o programa geral do mês, a terceira semana esteve dedicada ao apostolado: diversos ministérios e experiências pastorais. De segunda a quarta (16-18) Fr. Roberto Sayalero (Diretor do Colégio Sto. Agostinho, de Valladolid) nos deu algumas palestras sobre o ministério paroquial. Começou tratando do conceito de pastoral? Como era organizada a hierarquia da Igreja antes e depois do Vaticano II? Se apoiou no Direito Canônico e nas Constituições Agostinianas para explicar o que é uma paróquia e seus agentes de pastoral, além da Pastoral sacramental.
Eucaristia celebrada em português

            Quarta e quinta (17-18) pela tarde Fr. Helton Pimenta trabalhou sobre o Sínodo da Nova Evangelização. Ele explicou a carta apostólica de forma de Motu Proprio “Ubicunque et semper”, comentou a Lineamenta, o Motu Proprio “Porta Fidei” e o “Instrumentum Laboris” (27/5/12). O Papa Bento XVI trabalhou a fé segundo o Evangelho, pois a sua preocupação versava sobre qualidade da mesma. Os obstáculos frente a essa situação é a acelerada mudança por parte da cultura. Por isso, as indicações pastorais para o Ano da Fé tange no que diz respeito a formação, realçar o Credo e um maior estudo do Catecismo da Igreja Católica e os documentos do Vaticano II. Para encerrar sua participação, nos recordou o ideário de pastoral da Ordem dos Agostinianos Recoletos.

Momentos de lazer

            Na quinta-feira (19), Fr. Rodolfo Velázquez falou sobre a Pastoral Juvenil (JAR) a partir de sua experiência ao longo de mais de 20 anos. Velázquez ressaltou a presença de muitos jovens com força de vontade, interesse, inquietude. Mas, que querem coisas claras. Como plantear isso? De que maneira? E como se conectar a Pastoral Vocacional? Então, como falar de compromisso em algo fluído (educação líquida)? Citou inúmeras características dos jovens hoje como: conectados (surfing), superficialidade, altruísmo, pouca profundidade, flexibilidade, novidade e outros.
            Nós temos o melhor produto para apresentar aos jovens: Jesus Cristo. E, sabemos o que vamos vender. Porém, não sabemos como e nem por que vamos vender? Eis a nossa falha. Falhamos em nossas propagandas. Ao final de sua apresentação traçou os pontos importantes do ideário da juventude agostiniano recoleto (martiria, liturgia, koinonia, diaconia).


            E, para encerrar a semana formativa tivemos a graça de recebermos os provinciais Pe. Fr. Daniel Ayala (Província de São José), Fr. Francisco Javier Jiménez Villoslada (Província de São Nicolau), Fr. Manoel Beaumont (Província N. Sra. da Consolação) e o Bispo Mons. Fortunato Pablo, Bispo da Diocese de Chota no Perú; onde trataram de apresentar suas respectivas províncias e trabalhos: a quantidade de religiosos, onde estão localizados, seus ministérios - paróquias, colégios, missões, etc. E, do que temos tratados em nossas comunidades sobre o processo de revitalização, reestruturação da Ordem e seus respectivos planteamentos.

            No sábado pela manhã estivemos na cidade de Najera, em la Rioja, onde celebramos a eucaristia pela manhã na Igreja de Sant’ana (Séc. XIII) e, em seguida almoçamos em uma bodega da família do Pe. Fr. José Ramón Pérez (Vicário Geral). No domingo, estivemos visitando os noviços da Província de São Nicolau, São José e santo Tomás de Vila Nova, em Monteagudo, Navarra e seus formadores. Conhecemos a Casa, os jardins,  a horta, o bosque, a capela, o museu dedicado a Santo Ezequiel Moreno e sobretudo, o quarto onde o religioso esteve em seus últimos momentos de vida além de sua tumba. Pela tarde, compartimos um almoço juntos como família agostiniana com muita alegria e ao retornarmos para casa passamos na catedral de Tarazona.


Monteagudo, Noviciado da São Nicolau



Quarto onde Sto. Ezequiel Moreno passou seus últimos dias antes de morrer.



Cripta de Sto. Ezequiel Moreno


Claustro interno