15 de mar de 2013

JOVENS DAS PARÓQUIAS AGOSTINIANAS RECOLETAS DO SUL DO ESPÍRITO SANTO PARTICIPARAM DO BOTE FÉ EM CACHOEIRO.

Diocese de Cachoeiro
Cachoeiro do Itapemirim-ES




Ontem, dia 14 de março de 2013, os jovens das paróquias agostinianas recoletas de diocese de Cachoeiro ( Castelo, Muqui e Cachoeiro) estiveram presentes no BOTE FÉ na Ilha da Luz em Cachoeiro do Itapemirim.
 
"O jovem já é o presente da Igreja"
 

Jovens carregando a Cruz da JMJ



Cruz JMJ



Frei Ricardo com a Juventude Missionária de Castelo



As crianças também estavam presentes: "Eis a Luz de Cristo!"



Ícone da Mãe de Deus JMJ



Dom Dario, bispo diocesano



Procissão luminosa com os jovens de Cristo



Juventude Missionária de Castelo


 
Os jovens são parte da LUZ DO MUNDO

MISSÕES POPULARES AGOSTINIANA RECOLETA EM CASTELO-ES: COMUNIDADE SANTO ANTÔNIO EM PATI.

Paróquia Nossa Senhora da Penha
Castelo-ES



A Paróquia Agostiniana Recoleta de Nossa Senhora da Penha em Castelo-ES está vivenciando mais uma Semana Missionária. E, desta fez, é a comunidade do Pati que acolhe está tão intensa Semana Missionária. Do dia 10 ao 17 de março de 2013, Frei Ricardo e Missionário Orly estão visitando as famílias, celebrando e anunciando o amor de Jesus Cristo àquela comunidade eclesial. Hoje, dia 15 de março, ergueu-se o Cruzeiro em um monte da comunidade. Experiência de Deus e com Deus, como irmãos e irmãs em Jesus Cristo.
 
Que Nosso Senhor nos abençõe na Missão e nos continue dando forças para seguirmos em frente.    
 
 
Frei Ricardo visitando as famílias
 

 
Igreja Santo Antônio no Pati



Frei Ricardo visitando as famílias
 


Homens do Pati carregando o Cruzeiro



Procissão com o Cruzeiro



 Subindo as montanhas com o Cruzeiro



Povo do Pati com Frei Ricardo aos pés do Cruzeiro



Comunidade eclesial do Pati com Frei Ricardo


 

Levantando a Cruz de Cristo



Frei Ricardo caminhando com o povo do Pati


 
Missionário Orly e Frei Ricardo aos pés do recente Cruzeiro do Pati
 

14 de mar de 2013

MENSAGEM DO PRIOR GERAL DOS AGOSTINIANOS RECOLETOS POR OCASIÃO DA ELEIÇÃO DE FRANCISCO

Cúria Geral OAR
Roma-Itália


Papa Francisco


Francisco, novo e refrescante ar do Sul

A eleição do cardeal Jorge Mario Bergoglio como Bispo de Roma foi para mim uma grande alegria e motivo de renovada esperança. Dou graças ao Senhor e me pergunto: O que o Espírito quer nos dizer com este novo Papa?

Para mim, a eleição do Papa Francisco tem um profundo significado. Creio que é o Pastor que Deus envia hoje ao mundo. Antes de abençoar o povo, o Santo Padre pediu para si a oração e a bênção do povo. Ele caminha com o povo de Deus, com todos nós – entre dificuldades e esperanças – por um caminho de fraternidade e amor. Poucas horas após sua eleição, foi possível perceber que se trata de um homem de fé e oração, bom e simples, renovador e evangelizador, alegre e com profundo sentido de Igreja.

O fato de ser o primeiro papa a escolher o nome de Francisco, é significativo na linha da renovação da Igreja. Evoca o testemunho de vida evangélica, a renovação espiritual, o serviço à Igreja e a simplicidade de vida. E, em sendo o primeiro papa jesuíta é, para nós, os religiosos, muito importante, já que conhece nossa vida e missão; sabe aquilo que hoje os religiosos podemos oferecer à Igreja e a todos as pessoas e, portanto, o serviço que, como pastor universal, ele pode nos pedir.

Destaco também que a eleição do Papa Francisco manifesta a universalidade e a esperança da Igreja: é o primeiro pontífice procedente do Hemisfério Sul e de um país latino-americano. Enche-me de alegria que os cardeais tenham ido buscar o novo Papa quase “no fim do mundo”. No coração de Cristo o mundo está globalizado no amor, e uma prova é que o Papa chegou a Roma vindo da Argentina. O Espírito sopra onde quer, os planos de Deus rompem fronteiras, unem os corações e superam nossas avaliações, projetos e seguranças humanas.

Fr. Miguel Miró, OAR - Prior Geral da Ordem dos Agostinianos Recoletos

Fonte: http://www.agustinosrecoletos.com/blog



Logo depois da eleição com os cardeais em um ônibus  



Francisco com o Beato João Paulo II
 

 
Antes de eleição em um metrô de Buenos Aires 
 


Francisco
 



Homem simples de Deus: Francisco

12 de mar de 2013

LANÇAMENTO DA LOGOMARCA PARA O CINQUENTENÁRIO DA FESTA DE "CORPUS CHRISTI" EM CASTELO-ES.

Paróquia Nossa Senhora de Penha
Castelo-ES


Logomarca
 
A Paróquia Agostiniana Recoleta Nossa Senhora da Penha na cidade capixaba de Castelo já iniciou os preparativos para o "Cinquentenário da Festa de Corpus Christi". Na missa do último domingo (10-03-2013) o pároco Frei Mário OAR apresentou a Logomarca Comemorativa e que, a partir de então, está exposta na fachada da Igreja Matriz de Castelo-ES.


VIGÍLIA COM OS JOVENS DA PARÓQUIA AGOSTINIANA RECOLETA NOSSA SENHORA DA PENHA EM CASTELO-ES EM PREPARAÇÃO AO BOTE FÉ.

Paróquia Nossa Senhora da Penha
Castelo-ES


Jovens em vigília.


Hoje, dia 12 de março de 2013, os jovens da Paróquia Agostiniana Recoleta de Castelo-ES fizeram uma VIGÍLIA EM PREPARAÇÃO PARA O BOTE FÉ que acontecerá na DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM no dia 14 de março (próxima quinta).

OS JOVENS JÁ SÃO O PRESENTE DA IGREJA. POR ISSO, PRECISAMOS DE SANTOS, JOVENS SANTOS; SANTOS DE CALÇA JEANS, QUE BEBAM COCA-COLA E COMAM HOT-DOG...




PARTILHAR É SONHAR: DESOBRIGA NO MUNICÍPIO DE TAPAUÁ-AM.

Prelazia de Lábrea
Tapauá-Amazonas-Brasil

Nosso querido irmão Frei Rodolfo Werneck, OAR, religioso da Província Santa Rita de Cássia enviou-nos notícias sobre o trabalho missionário desempenhado por ele e demais freis agostinianos recoletos no município de Tapauá-AM. Vale a penas ler o artigo abaixo, escrito por ele próprio e conhecer um pouco mais da cultura ribeirinha e indígena do Amazonas.



 
Desobriga em Tapauá-AM
            Entre os dias 18 e 23 de fevereiro realizamos uma pequena desobriga com intuito de visitar as comunidades do baixo Purus e a tribo indígena dos Apurinãs, em Itaboa. Partimos em sentido de Manaus e durante o dia visitamos os ribeirinhos, os flutuantes “casas construída sob troncos, na beira do rio Purus”; muitos deles estavam fazendo a famosa “farinhada”.


        A viagem contou com a presença do Frei Miguel Peralta, Fr. Rodolfo, a Irmã Magda (Oblata) e o Sr. Manoel (comandante). Deixamos o porto flutuante de Tapauá, na madrugada de segunda-feira e descemos o rio. Ao longo do percurso encontramos inúmeras famílias batalhadoras, simples e acolhedoras. Um povo que forma parte da família de brasileiros, mesmo distante do mundo moderno lutam e sonham por dias melhores. O sonho é de todos, por isso, não escolhe a raça, situação social, política ou religião.

        No caminho escutamos desabafos, sofrimentos, doenças, desamparo do governo quanto aos novos benefícios de aposentadorias, crianças não registradas, não batizadas e casos de óbitos de “anjinhos”, crianças. Por fatalidades, infelizmente devido à situação de viverem dentro do rio algumas acabam caindo nas águas e desaparecem em meio às águas turvas, povoada por criaturas aquáticas: jacarés, piranhas, etc.

        Ao lado de tanto sofrimento, para os olhos dos “brancos suburbanos” – a população ainda assim é feliz. Mas, lutam e gritam, como a “terra gemendo em dores de parto” por dias melhores, dias esperados, sonhados.

        Ao finalizar a viagem desembocamos a margem de Itaboa, onde vivem 3 tribos indígenas; lá em uma delas fomos convidados pelo Valdomiro, pertencente a tribo dos Apurinãs para um encontro de resgate cultural de três dias. Contou com a presença de vários “parentes” dos Apurinãs do Amazonas e Rondônia. Além de funcionários da FUNAI, e de órgãos do governo ligado ao povo indígena, de religiosos agostinianos recoletos, antropólogos, sociólogos e alguns visitantes.

        A pauta iniciou com a situação acerca das demarcações das áreas indígenas, das lutas contra o governo, da construção de usinas hidrelétricas, [...]. Os dias foram permeados com danças, músicas, comidas e bebidas típicas. Sem dúvida, aprendemos um pouco mais com os povos indígenas que também lutam por dias mais justos.

        Enfim, o Brasil tem várias “fisionomias”, várias famílias, rostos; assim partilhamos nossas vidas e nosso ser. Partilhar é viver, partilhar é amar, partilhar é sonhar [...] por dias melhores.
Frei Rodolfo Werneck Pereira, OAR
 
 
Ribeirinhos do Rio Purus fazendo a famosa "FARINHADA", com Frei Rodolfo ao fundo (com camiseta branca listrada)


 
Chegando em uma casa às margens do Rio Purus.


 
 Barco Santa Rita: Paróquia de Tapauá.


 
 Rio Purus.
 

Casas flutuantes.
 


Curumim da Tribo dos Apurinãs.
 

 
Curumins da Tribo dos Apurinãs.

O PROCESSO DE ESCOLHA DO PAPA.

Cidade do Vaticano
Roma-Itália

Hoje, dia 12 de março de 2013 iniciou-se mais um CONCLAVE. Entenda melhor como acontece a eleição de um PAPA.
 

EJC NA PARÓQUIA AGOSTINIANA RECOLETA SÃO JOÃO BATISTA EM MUQUI-ES.

Paróquia São João Batista
Muqui-ES

 
 
Já estão abertas as inscrições para o "ENCONTRO DE JOVENS COM CRISTO" na Paróquia agostiniana recoleta São João Batista em Muqui.
 
Venha participar conosco.

VIGÍLIA DA JUVENTUDE NA DIOCESE DE FRANCA-SP

Diocese de Franca
Franca-SP

11 de mar de 2013

BOTE FÉ NA DIOCESE DE CACHOEIRO DO ITAPEMIRIM-ES

Diocese de Cachoeiro
Cachoeiro do Itapemirim-ES



O Bote Fé é o evento que marca a chegada da Cruz Peregrina e do ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude, na diocese de Cachoeiro de Itapemirim, no dia 14 de março.

Este evento de preparação para a Jornada Mundial da Juventude, que neste ano acontecerá no Rio de Janeiro, de 23 a 28 de julho, vem acontecendo em cada cidade que recebe os símbolos da Jornada. Agora chegou a nossa vez. Os jovens das paróquias agostinianas recoletas da diocese de Cachoeiro do Itapemirim (Castelo, Cachoeiro e Muqui) estão animados para a participação em tal evento.

Confira a programação completa e venha participar conosco!

Dia 14 de março de 2013 - Quinta - Feira
06h - Chegada da Cruz e do ícone de Nossa Senhora em Anchieta e peregrinação pelo litoral.
19h - Carreata com saída da Safra em direção à Ilha da Luz.
20h - Celebração Eucarística presidida pelo bispo diocesano, dom frei Dario Campos, ofm, concelebrada pelos padres da diocese - (na Ilha da Luz).
22h - Celebração da Vida - Show Nacional com a Banda DOMINUS.
00h - Procissão luminosa até a Catedral de São Pedro.
01h - Vigília dos jovens.
06h - Celebração Eucarística e Envio (Catedral de São Pedro).

Fonte: Site Oficial da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim

HOMENAGEM DOS NOVIÇOS AGOSTINIANOS RECOLETOS A TODAS AS MULHERES

Monasterio El Desierto de la Candelaria
Ráquira-Boyacá-Colômbia




No último dia 8 de março, "Dia Internacional da Mulher", os noviços agostinianos recoletos das Províncias de Nossa Senhora da Candelária e Santa Rita de Cássia fizeram a sua singela homenagem a todas as mulheres pelas pessoas das queridas funcionárias do Monasterio Deserto da Candelária.
 
 

Noviços homenagiando as mulheres
 


Almoço festivo com as funcionárias
 


Frei Gabriel, mestre dos noviços
 
 

Frei Fernando, Província Santa Rita de Cássia
 


Frei Rhuan, Província Santa Rita de Cássia